Feminicidio

É muito triste ver tantas mulheres morrendo por motivos torpes, com relacionamentos abusivos. Mexendo no psicólogo da mulher. É triste quando os homens se não bastasse matar a mulher mata os filhos. Parecem seres selvagens e animais daí colocam a culpa no Diabo, no álcool na droga, em problema mental. O ser humano é podre capaz de tudo. Existe o bem e o mal. Então chego a conclusão se alguém amigo, chefe, relacionamento, família ficar muito te julgando apontando seus erros, querendo opinar sobre sua vida . . E ainda tem a hipocrisia de te diminuir desvalorizar e falar que faz isso porque gosta de você. Daí vc olha pra vida dessa pessoa e é um lixo pior que a sua. A coisa ruim vem de gente próxima e não de estranhos. O sábio é aquele que observa. Maldito homem que confia em outro homem.

Amor Abusivo

A carencia, cria uma dependência em amor. Quando sentiamos amor existe uma química passeando em nosso corpo. Mesmo sendo bom ou ruim nunca consegui deixar de amar. Tive muitos amores abusivos porque dependia desse amor assim como qualquer outro vício. Fui abusada psicologicamente e fisicamente. Até perceber que eu estava no fundo do poço . E se fosse bom não era pra doer e eu sofrer. Eu só queria ser amada e cai numa roubada.

Analisando friamente

Analisei friamente, após muitas crises existências, que o meu conflito interno e confusão é porque por mais que eu queira ser quem eu sou com minha essência é complicado.

Eu fujo dos padrões da sociedade, quando sou eu mesmo assusto as pessoas e sou tachada de doidinha mesmo que eu sendo uma pessoa boa e séria.

Todos dizem você é doidinha porque é pra cima espontânea fala o que pensa, mas ao mesmo tempo me julgam e me criticam.

Amo meu jeito sou feliz, mas ao mesmo tempo queria fazer parte do padrão porque pago um preço muito caro por ser que em sou como diria ¨cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é.

Ao mesmo tempo que sou feliz sendo eu mesma e estou no céu vou para o inferno porque as pessoas se assustam se afastam julgam.

Dai fico no conflito querendo mudar, querendo ser o que as pessoas impõem que eu seja eu tento mas não consigo.

Isso me prejudica muito porque sinto que ninguém é capaz de compreender meu modo de ser.

Dai sou o que sou e ao mesmo tempo me sinto culpada com as consequências.

Sou egoísta, impulsiva, compulsiva, impulsiva e sincera demais.

Falo demais me exponho demais. Parece que eu sou um peixe fora da agua, sou intensa ou me amam ou me odeiam.

Queria ser normal e ser equilibrada mas não consigo.

Meu conflito é; gosto de ser quem eu sou mas gostaria de ser como as pessoas esperam que eu seja.

Tenho um lado bom e ruim como todo mundo, mas não sei ser ponderada. É mais forte do que eu.

Poucas pessoas me amam e me entendem. Vivo em conflito porque sinto que sou excluída por ser assim.

Por ser diferente e não seguir os padrões e regras em nada.

Gosto de ser livre, mas me sinto prisioneira de pessoas preconceituosas.

Amai o próximo como a ti mesmo.

Porque não aceitar as pessoas como elas são.

Eu sofro por ser o que eu sou e sofro por não ser o que as pessoas e as sociedade impõem que eu seja.

Isso é muito doloroso. Porque as pessoas não podem entender pessoas diferentes.

Lidar com as diferenças. Por isso pessoas são depressivas e doentes.

Muitas vezes falta amor e compreensão, ninguém é obrigado a me amar e me aceitar mas também ninguém tem o direito de me julgar.

Sinto-me triste, mal excluída, vivendo em constante bulling pessoas piores que eu fingem ser o que não são colocam mascaras são hipócritas e se dão bem, mas eu não consigo.

O meu ser é mais forte do que eu.

Ate que ponto vale a pena. Quero ser livre e feliz. Não posso mentir pra mim mesma, não da pra agradar todo mundo.

A vida passa não levamos nada. Sou boa quando me sinto ameaçada sou ruim.

Sou forte mas ao mesmo tempo sou sensível e carente.

So gostaria de não ser confusa, e ser eu mesma.

E assumir de vez quem eu sou e assumir as consequências.

Quando me julgam me sinto péssima, um monstro. Mas ao mesmo tempo quem me julgou tem problemas também.

Sei dos meus excessos e erros não gosto de ser criticada, eu sei das consequências, mas sinto-me muito perseguida, e isso gera uma confusão enorme dentro de mim e desequilíbrio.

Quero ser quem eu sou ser livre e seguir em frente. Muita pressão me estressa,

Reconheço meus erros, mas a sociedade é muito cruel.

Sinto-me de outro mundo, não consigo me enquadrar, sofro consequências, sofro massacres psicológicos culpa minha, por deixar as pessoas roubarem minha paz.

Sou solitária por isso, as vezes aceito as vezes fico triste sou ser humano e queria respeito.

Mesmo sendo boa sofro, sendo normal sofro, sendo malévola sofro. Então ser ou não ser eis a questão.

Preciso assumir o que quero ser. Eu mesma assumindo consequências ou sendo uma pessoa com  hipocrisia e mascaras vivendo infeliz e cheia de conflitos.

Gostaria de ser normal, mudar e etc, mas não consigo e brigo internamente comigo mesmo me amando e me massacrando numa montanha russa de emoções, transtornada psicologicamente.

Eu sei o meu valor, mas infelizmente nem as pessoas que amam me apoiam e reconhecem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Tem momento na vida que é muito cansativo e frustrante fazer as pessoas te amar e aceitar do jeito que você é. Já é difícil as vezes amar a si mesmo, por mais que você quera ser aceito e amado isso não funciona assim. Por que é tao difícil as pessoas compreenderem que você esta passando por uma fase ruim e compreender, tentar ajudar ou pelo menos se afastar.

Cobramos das pessoas aquilo que muitas vezes não somos. Pessoas te julgam apontam seus erros e pede pra você mudar. Ai que gera o conflito de ser o que você é e ser o que as pessoas esperam que você seja. Por mais que você queira ser bom com todos e agradar você não consegue porque está numa fase ruim. As pessoas cobram de você , você não consegue se sente culpado e frustrado.

Dai desencadeia a depressão, ansiedade você se sente o pior ser humano do mundo mas sabendo que só uma fase e infelizmente seu comportamento não fica muito agradável com as pessoas que estão ao redor. Mas é algo que por mais que você queira evitar, você não consegue é mais forte que você. Dai as pessoas não gostam de você porque você se tornou uma pessoa desagradável e não conseguem entender, porque é mais fácil amar uma pessoa boa sem problemas, mas é difícil estar do lado de um ser que tem problemas fase ruim e reclama, daí vem a rejeição, julgamentos e preconceitos. Nesse momento você precisa de ajuda, compreensão e amor.

Falamos do próximo mas somos tão egoístas defendendo nosso ponto de vista sem se colocar no lugar do próximo.

As vezes vemos religiosos sendo cruéis, e vemos pessoas normais caridosas. Não podemos julgar é muito contraditório,

Pessoas que pregam algo que não são e não praticam.

Ninguém é melhor que ninguém somos seres humanos forte, fraco, bom, ruim, buscando algo ou algum sentido que as vezes nem sabemos.

É  difícil ser alguém que você não é, é triste não ser amado como você é com seus defeitos e qualidades.

Porque as pessoas só exaltam mais os defeitos. Talvez apontamos o defeito do próximo para esquecer os nossos próprios defeitos.

É o famoso faça o que eu digo mas não faça o que eu faço.

A falta de amor e compreensão pode destruir um ser humano.

Ninguém é obrigada a aceitar. Compreender ou amar.

Mas o cruel é você ver uma pessoa numa fase ruim, essa mesma pessoa você amava e adorava quando estava numa fase boa e na ruim você julgar e rejeitar.

Isso leva muito pessoas ao extremo ao ponto de se suicidar, acabar com a própria vida.

Somos humanos temos problemas, defeitos, fases péssimas.

Você se vê sozinho, desamparado.

Sem ter um motivo para continuar.

E eu te pergunto porque vou deixou chegar a esse ponto

Você é seu amigo e inimigo, mesmo rodeados de pessoas podemos nos sentir solitários.

E sozinho você pode se sentir bem.

Porque você permite que pessoas destruam sua vida.

Porque você não se ama

O que falta para você

Porque espera e ve a felicidade em alguém

Nascemos sozinhos e morremos sozinhos isso é fato.

E sabe que eu percebi caro leitor que na minha pior fase na minha fase ruim as pessoas que eu mais amava viraram  as costas pra mim e me rejeitara achando que eu era o pior ser humano, mas confesso eu mesmo não me suportava e muitas vezes não me reconheci. Por muitas vezes falei coisas e fiz coisas que magoaram muito as pessoas. Mas eu precisava de amor e ser amada. Tive uma fase ruim, surtei.

Mas ninguém conseguiu entender. Eu era outra pessoa nem eu mesma me reconhecia.

Quando eu magoava as pessoas na hora não me dava conta, mas quando eu via era tarde demais.

Ficava arrependida e me sentia mal e culpada pedia desculpas mas era tarde demais.

Ninguém entendia. Mas eu também não entendia o que estava acontecendo comigo.

Parece que outro pessoa tomou conta de mim. Ficava bem ficava mal, super estressada infeliz e insatisfeita não conseguia ficar bem não conseguia me controlar.

Perdia o controle de mim mesmo. Ficava agressiva agia, falava por impulso sem pensar nas consequências.

Perdi o controle total de mim e da minha vida.

Sentia que precisava de ajuda, mas não tive isso. Fui julgada, rejeitada e odiada. Todos se afastara, de mim.

Me vi sozinha, abandonada e isso so fez eu piorar.

Confesso não via mais sentindo na vida e em nada. Era tudo preto e branco nada tinha graça.

Não queria levantar não queria comer não queria trabalhar não queria tomar banho não queria nada.

E nesse momento so queria um ombro e colo pra chorar.

Tive alguns amigos que desabafava, mas virtualmente, pessoalmente não tive ninguém.

Teve um dia que passei mal pressão baixa, tomei remédios para dormir.

Mas mesmo assim, não via solução para o meu problema.

Sentia-me fraca, triste, desanimada, desconsolada e o pior sozinha.

As pessoas precisam de apoio e amor. Muitas vezes passamos por fazes difíceis magoamos quem amamos mas não é por maldade. É mais forte não da pra controlar.

Um dia me vi no fundo do poço, ou eu levantava sozinha ou eu morria de vez porque pensava se eu morrer ninguém vai sentir minha falta.

E pra que eu continuar viva, pra quem.

Eu me culpava a todo tempo, me odiava e me sentia o pior ser humano.

Eu estraguei tudo, tinha tudo pra dar certo e fiz tudo errado.

Muito triste e doloroso mas foi o preço de ser como eu era.

Sentia-me diferente, fora do padrão. Por isso tive grandes dificuldades mas não conseguia ser diferente ou as pessoas me amavam ou as pessoas me odiavam, simples assim.

Mas infelizmente foi o preço que paguei.

Eu virei minha inimiga. E não me controlei. Conquistei e perdi.

Perdi tudo e todos e a mim mesma.

Lembro-me que vivi uma fase boa comigo e com todos, mas chegou um momento que me perdi.

Ate hoje não sei qual foi esse momento.

É difícil entender, acho que foram vários problemas e frustrações que vieram a tona.

Foi quando eu tive um momento de raiva e não quis me controlar. Dai foi um atrás do outro.

Algo tomava conta de mim agia por impulso. Depois caia na real e me arrependia.

Era mais forte que eu. Eu não queria assim mas aconteceu, lamento por mim e por todos mas eu so precisava de ajuda, compreensão e amor.

Como não tive so foi piorando.

É complicado ter atitudes que você não se reconhece é como se outro pessoa entrasse no seu ser.

Dai me chamaram diagnosticaram como bipolar. Tentei terapia, remédio mas não adiantou.

Sinceramente era algo maior.

Tentei a fé, Deus, a igreja mais não adiantou.

Eu me dei conta que eu não podia mais fugir dos problemas e ter força e coragem pra encarar e aceitar.

O problema é comigo e só eu posso resolver.

Mas é difícil estar surtada num momento dificl e enxergar tudo isso.

Li muitos livros artigos, técnicas, mas nada adiantava.

Impossível alguma coisa tinha que dar certo.

O que eu fiz onde foi que eu errei onde eu erro porque cheguei no fundo do poço.

Estava triste, chateada e decepcionada comigo mesma.

E percebi que eu poço ser melhor.

Fiquei triste e revoltada mas não adiantava eu me julgar e punir a todo instante so piorava.

Um belo dia, resolvi aceitar tudo.

Não foi fácil

Mas eu lutava contra mim mesma, me castigava.

Eu me odiava.

Eu queria sair de tudo isso e voltar a ser o que eu quero antes animada, feliz e otimista mesmo com problemas.

Eu estava com saudades de mim. Não me reconhecia mais.

Queria acordar e tudo voltar como era antes mas eu não conseguia.

E sempre me questionava porque tudo isso aconteceu.

Foram problemas que não resolvi acumularam e viera todos a tona de uma vez.

Eu mentia pra mim mesma me enganava e não encarava os problemas de frente.

E era uma pessoa que era amada e agradava a todos mesmo não sendo.

Sempre vesti mascaras e não resolvia meus problemas e teve uma hora que tudo veio a tona.

Fui orgulhosa e confesso fui fraca.

Mas não consegui controlar e evitar.

Senti um vazio imenso.

Nada fazia sentido. Me perdi não conseguia amar eu mesma nem nada nem ninguém.

Uma tristeza profunda, um descontentamento nada nem ninguém era bom nem eu mesma.

Nem eu muitas vezes me suportava.

 

Renascimento

Senti por vários momentos uma nevoa cinza, minha tv preta e branca.

Nada tinha cor, nada tinha sabor, nada tinha amor, nada tinha graça.

Sentia-me uma morta viva. Um espírito vagando na terra.

Com muitos pecados, muitos medos, muitas culpas.

Como se eu só tivesse plantado o ódio e desamor.

Como se por onde eu andasse não tivesse união.

Não me sentia bem, não me sentia zen.

Não queria mais existir, tinha raiva de mim.

Queria nascer denovo. Queria me matar, queria morrer. Não podia mais suportar.

Perdi família, amigos, maridos, filhos.

Mas a minha maior perda foi , quando perdi pra mim mesma.

Mas um belo dia, acordei e percebi, que nem tudo estava perdido.

Eu estou viva, eu estou aqui.

Posso não ter de volta o que perdi, mas posso fazer as pases comigo com Deus com o universo e o resto todo vem.

Afinal estou aqui. Não quero voltar no passado, nem corrigi erros do passado porque já passou.

Eu posso ter aprendido com tudo e me tornar melhor se assim for o desejo do meu coração.

Quem mordeu o fruto proibido não fui eu. Apenas em algum momento de minha vida perdi o controle eu admito isso, mas quem não perde caro leitor.

Não me importo mais com títulos, julgamentos ou coisas feias que possam falar ao meu respeito, apenas continuo respirando.

Não carrego mais pedras na minha bagagem, tirei o peso, sinto-me mais leve e capaz.

Infelizmente erramos, mas nem sempre erramos porque queremos, e sim porque temos alguma dificuldade de fazer o certo.

A mudança tem que ser exercitada e sentida a cada dia. Esse é o momento mais solitário porque somente cabe a você.

Você pode estar sozinho de fato assim como eu, ou rodeado pela família e ainda assim se sentir sozinho.

A sua dor ou sua alegria, somente você pode sentir.

Uma lagrima que escorre em meio ao travesseiro e edredom, e vem um sentimento de fragilidade onde parecemos crianças com medo do escuro.

Depois de toda explosão, uma quase morte psicológica e física, onde eu mal conseguia levantar e me alimentar, falência financeira, emocional e familiar.

Eu virei cinzas.

 

 

Das Cinzas RENASCE A PSIQUE DE UMA FENIX

Fênix é um pássaro lendário da mitologia grega, que morria, mas depois de algum tempo renascia das próprias cinzas. O pássaro fênix, antes de morrer, entrava em combustão, para depois renascer.

A fênix possuia uma grande força, capaz de transportar pesadas cargas durante seu voo, chegando ao ponto de carregar até mesmo elefantes. Segundo a mitologia, as lágrimas da fênix possuiam características curativas.

Na Antiguidade, a fênix era um ser venerado por vários povos, como os egípcios, principalmente os habitantes de Heliópolis, onde a fênix era vista como a reencarnação do deus Rá.

A fênix também tem o poder de se transformar em uma ave de fogo muito parecida com uma águia. Pela sua morte diferente, a fênix tornou-se um símbolo de força, da imortalidade e do renascimento. É uma das figuras mais representadas pelas pessoas que fazem tatuagens no corpo.

Acredita-se que a ave mitológica surgiu no Oriente, e depois foi adaptada pelos gregos. Até mesmo a Igreja Católica possuia uma relação com a fênix, os cristãos acreditavam que o pássaro era um dos símbolos da ressurreição de Cristo. Dizia-se na época que as cinzas da fênix eram tão poderosas, que podiam até ressuscitar os mortos.

Quando atingimos o ápice de nossa dor e nosso sofrimento, nosso corpo doi , nosso coração sangra, nossa mente fica confusa.

Nada funciona como deveria funcionar, nada é mais como era antes ou como tinha que ser.

É muito triste aceitar essa morte. É cruel.

Mas o que não é bom precisa morrer, para renascer de forma forte e elevada.

Das cinzas, o renascimento. Nascer denovo mesmo estando vivo.

Sua psique morre, para renascer. Seu corpo ainda aqui.

A morte não é apenas física.

Mate suas tristezas, mate suas angustias, mate seus medos, mate toda dor, todo vicio, todo ódio que assombra sua vida.

Não seras perfeito, mas poderás ser melhor.

Por favor pare de chorar. Levante-se , respire , sinta-se leve, tenha uma lembrança doce e sorria.

Voce pode ser amado por alguém, alquem pode ser amado por você.

O AMOR, O TEMPO, A MORTE

Tenha o amor para viver

O tempo para ser estar e permanecer

E a morte pra descansar.

E Renasça renovado, sentindo o amor em seu coração e com todo tempo do mundo para fazer tudo aquilo que ainda pode ser feito.

Feche os olhos sinta sua respiração o silencio e seu corpo não pensa sem nada apenas sinta que você existe e se está aqui pode ter certeza é privilegiado.

Não existe verdade ou mentira, cada um acredita naquilo que quer.

Então acredite em você. Abra seus olhos.

Conheça sua verdade e ela te libertação. Não existem padrões apenas aceite os fatos e o que você realmente é. E seja lá o que for ninguém é obrigado a te amar e te aceitar, então relaxe.

Viva em harmonia com seu corpo e sua mente. Respeite seus limites, não force ser o que você não é. Não force fazer aquilo que você não tem aptidão.

Supere a si mesmo e não aos outros. Cada um é diferente. Se tentar ser o que não é se perdera no meio do caminho, assim como eu me perdi.

Não estou na curva da normalidade, posso parecer estranha, mas essa sou eu.

Muito prazer eu sou eu agora, sem máscaras, sem mentiras, sem ilusão.

Assim sinto-me mais leve, mais feliz.

O meu desejo é poder ajudar as pessoas que estão lendo agora e dizer a cada uma delas que compreendo a dor de ser incompreendido.

Se você tem vícios, ou pornografias, ou viciados em internet, viciados em doces, todo e qualquer tipo de vicio é fulga.

Compulsão, impulso, são desequilíbrios.

Crise de ansiedade, de pânico, ninfomaníacos.

Para tudo tem uma forma de se ter equilíbrio pra você mesmo ter uma boa qualidade de vida.

Porque tudo isso que citei nos gera um certo desconforto.

As pessoas precisam ser ajudadas, compreendidas e amadas.

Algo está fora da ordem. Vamos focar e colocar em ordem.

Auto Controle

Quando você faz algo bom dificilmente alguém elogia ou seja você não faz mais que a  obrigação.

Quando você faz algo ruim, pra si mesmo ou pra alguém, todo o universa enxerga, fala, critica.

O que fazer. Primeiro eu ficava triste, depois pra baixo.

Comecei a ter o auto controle, e ser imparcial. Sem tomar partido com as discussões e situações e apenas observar, depois eu tomo um banho quente deito e durmo.

O pior momento é a hora de dormir quando não estamos bem. Todos os pensamentos possíveis e imagináveis vem a tona.

É enlouquecedor parece um filme de uma vida inteira, onde consiste, em drama, romance, comedia e terror.

Por isso procuro deitar quando estou muito cansada e com muito sono, para evitar certos pensamentos, porque mesmo você bem, sempre parece que tem algo que pode te assombrar.

 

Falar demais é burrice

Aprendi ao longo da minha vida, que tudo que deu errado pra mim, foi porque falei demais, ou seja, dei munição e arma para meu inimigo.

Tudo que você falar pode ser usado contra você no tribunal. Isso é totalmente verdadeiro.

Muito difícil confiar em alguém.

Exemplos clássicos:

Você é casado e conta várias coisas para sua cônjuge, você se separa e todos os seus segredos são revelados, em rede social ou via whatsapp.

Você tem uma amiga(o) conta tudo e de repente brigam, lá vai sua vida exposta nas redes sócias e whatsapp.

Quem já não passou por isso, infelizmente acontece muito.

O que você vai fazer caro leitor, ter vergonha de si mesmo, ou raiva de si mesmo por ter confiado demais em alguém que traiu sua confiança.

É um mix de emoções ao mesmo tempo, mas infelizmente tem coisas que não temos como prever, ou mudar.

Apenas respire, siga em frente, sorria com classe e elegância que logo todos vão esquecer, ou não, mas enfim, a vida continua e você tem coisa mais importante pra se preocupar.

 

Surto Psicótico

No meu primeiro surto, fui parar no hospital pressão 8-7, quase morrendo, tomei soro, medicação.

Voltei pra casa e surtei denovo.

Vou descrever meu surto, claro não sei se todos são iguais.

Eu já acordei triste, aconteceu uma coisa ruim no meu dia. Começou a doer meu estomago, tornando um mau estar, meu batimento cardíaco aumentou me senti sufocada como se eu não conseguisse respirar.

Comecei a chorar, e muitos pensamentos ruins tomaram conta da minha mente, sentia muito dor no peito e na cabeça, queria morrer pra eu parar de sentir aquela dor insuportável e tristeza sem fim.

Mas ao mesmo tempo pedia pra Deus pra não morrer. E fiquei assim por algumas horas.

Tomei analgésicos para aliviar a dor, mas não passava. Foi quando uma amiga psicóloga me ligou e ficou conversando comigo até eu me acalmar. Chorar muito. Digamos que ela foi uma paramédica quando um suicida tenta pular de um prédio. Ela se importava com minha dor, foi solidaria a minha dor, me mostrou que pode doer, mas que eu também posso vencer essa dor.

Ela se importou e me senti amada nesse momento. E passou…

Logo analisei quantas pessoas não adoecem a mente por falta de apoio e amor.

É tudo tão simples.

Por que nos punimos tanto, nos julgamos tanto. Por que tentamos matar uns aos outros num massacre psicológico. Porque não somos compreensivos e tentamos entender a dor do próximo e ao invés de julgar e rejeitar estender a mão e ajudar.

Tenho família, amigos e ex. E o mais triste é que somente uma amiga profissional me ajudou.

O resto caro leitor, virou as costas como eu fosse a vilã de um filme de terror.

Vejo prazer nessas pessoas em ver minha derrota. Quiseram até me internar.

E eu sozinha tive que fazer uma terapia e tomar um remédio básico para me sentir melhor.

Na terapia percebi, que não me interessa nunca mais o que pensam sobre mim.

Bom ou ruim, somente eu tenho o poder de decisão sobre minha vida, amor, desamor, alegria, tristeza, não importa, ninguém vai passar isso no meu lugar. Afinal cada um está muito preocupado com suas vidas.

E quando alguém te criticar, olhe a vida dessa pessoa e veja se ela merece que você se importa com a opinião dela, ou seja, se a vida dela for pior que a sua, dê um leve sorriso e siga em frente. Se ela for melhor que você agradeça e fale que vai pensar sobre isso.

Vida Espiritual

Nesse processo de renascer das cinzas, o lado espiritual estava me fazendo falta, fazia minhas orações no meu quarto mas sentia falta de uma igreja a qual eu me sentisse acolhida.

Foi quando uma vizinha me convidou para uma igreja, eu fui e consegui ser batizada, claro que nada é da noite pro dia, mas fortalecendo o lado espiritual senti, que estou tendo mais sabedoria, para lidar com as adversidades. E quando não vou sinto falta.

Fortalecer o lado espiritual e ficar mais próxima de Deus independente da religião, faz parte do processo de libertação e crescimento.

A igreja nos da o Alicerce assim como a família.

Pude conhecer pessoas especiais, que mesmo sem me conhecer me ajudam e poiam.

Mas infelizmente, eu sai da igreja e voltei a pecar.

Foi mais forte do que eu normal do ser humano dar um passo pra frente e dez pra trás.

Tive meus questionamentos, sobre Deus sobre fé, por ansiedade e por falta de paciência.

 

Criação X Necessidade

Minha mãe me criou para: trabalhar, estudar e ser independente. Foi a forma que ela teve de me tornar forte e guerreira. E admiro muito isso nela, porém ela não me preparou para o casamento  e a maternidade.

Coisas que toda mãe fala: seja paciente com seu marido, ou filho é bom mas dá trabalho. Ou mesmo a necessidade de saber cozinhar e arrumar uma casa.

Não gostava de cozinhar, minha mãe fazia tudo. Arrumar a casa não precisava tinha faxineira. Coisas praticas do cotidiano de uma mulher não fiz. Mas também não achava que seria difícil afinal sou inteligente e aprendo rápido.

Minha criação era o oposto da minha atual necessidade, mas decidi apostar e tentar. Eu posso, eu consigo. Nunca analisei nem pensei naquela margem clássica de que tudo nessa vida tem 50% de chance de dar certo e 50% de chance de dar errado. Como não era do meu costumei planejar nada e analisar nada, eu simplesmente tinha vontade ia lá e fazia.

Sempre inconsequente com minha vida e com minhas escolhas. Voltando aquele ponto em que eu acreditava que eu estava correta e o mundo estava errado.

Eu era uma pessoa mimada, mal acostumada e preguiçosa.

Fui um choque pra mim da noite pro dia, ser dona de casa, eposa, mãe e trabalhar fora.

Não conseguia entender como muitas mulheres conseguiam fazer isso. Porque pra mim foi quase que uma missão impossível.

Quando me divorciei foi pior ainda.

Mesmo com toda obrigação sentia que estava me anulando e isso estava dificultando minha vida. Todo mundo precisa de laser momento de relaxar, não importa o que seja. Mas isso aprendi e me ajudou muito a renovar minha energia e meu astral.

 

Receita de Bolo

Eu passava madrugadas a fio no google pesquisando receitas para a felicidade, ou bem estar.

Eu pude ler cada absurdo, mas li também coisas boas.

Li bastante que praticar atividade física libera endorfina, sensação do prazer, enfim.

Mas ultimamente eu estava com preguiça, e preferia dormir.

Li que o sono ajuda a relaxar. Então preferi relaxar dormindo.

Cortei o café, porque ele me deixava mais ansiosa, substitui pelo chá de camomila antes de dormir.

As vezes é necessário mudar alguns hábitos.

Eu sempre fui meio preguiçosa com obrigações do lar, me permiti ficar algumas vezes sem arrumar muita a casa, porque a obrigação de limpar me gerava ansiedade e estress.

Sempre trabalhei com vendas e percebi que não sentia mais prazer nessa atividade, e era um martírio pra mim acordar pra trabalhar sempre muito cobrada por resultado isso me deixava extremamente ansiosa e estressada. Quando fui demitida dei graças a Deus, e meu estress acabou em 50% claro que eu preciso trabalhar, e quero mudar de área, com isso vou experimentando nossas atividades para ver em qual posso me adequar.

Com todo estress perdi muito cabelo, e emagreci muito.

Decidi marcar um medico, ele disse que aparentemente estou saudável so pediu uns exames de rotina e me encaminhou para o psicólogo devido a minha ansiedade.

Eu reconheço sou muito acelerada, e ansiosa. Em todos os lugares que eu ia as pessoas falavam calma, respira, você é muito ansiosa.

Cada um tem um ritmo, confesso que o meu é sim acelerado, e isso acaba acarretando um desgaste maior de energia fazendo com que no final do dia eu me sinta exausta.

Tomar água é ótimo sempre. O medico receitou vitamina A e D.

Procurei controlar mais a respiração.

Sempre fui muito desorganizada, e bagunceira nunca sei onde coloco as coisas.

Mas estou me policiando para me concentrar mais e colocar cada coisa em seu lugar.

Percebo que quando estou arrumando minha casa, e coloco as coisas no seu devido lugar, estou fazendo isso dentro de mim.

Quando estou triste a casa fica bagunçada eu entro olho, e vejo preciso colocar tudo no lugar.

É um processo diário. Tipo receita de bolo. Muitas coisas que li, muitas delas não funcionaram pra mim, fui testando.

Afinal não existe receita de bolo padrão depende muito do confeiteiro, ou seja você.

O resultado é o mesmo mas os ingredientes podem ser alterados de acordo com a necessidade.

Então é só colocar a mão na massa, assar e comer o bolo.